sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

No Benfica sim....nos outros nem tanto!

O Benfica, segundo notícias recentes, está numa profunda crise. Ele é Amorim, ele é Enzo Pérez. No planeta azul e branco chamam-lhe "um caso de falta de adaptação". É verdade sim senhor.....
Há um homem que jogava no ataque azul e branco que sempre que entrava, fazia golos. Mas é um claro caso de inadaptação....claro!

E sobre Hulk...continuam a chove propostas milionárias, de todos os lados. Mas ele continua no mesmo clube.

Jornais da tanga....e nós continuamos na Champions e na liderança da Liga Portuguesa...e isso dói tanto, tanto!!!!!!

quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

Crise no Benfica.....dissem eles!

Parece que o Benfica está em crise, dizem por aí alguns otários que envergam a carteira de jornalista e xuxam na mama do estado.
Por um lado, um jogador que deve muito do seu percurso ao seu treinador, resolve negar-se a acatar as suas ordens. Por outro, um jogador que está lesionado há largas semanas, resolve dizer que tem tido poucas oportunidades, vai de férias para a Argentina, e resolve não voltar.
E os otários resolvem dizer que afinal o treinador do Benfica tem mau feitio e o Benfica tem problemas de balneário. Se fossem verdadeiros.... diriam que, um passou-se da cabeça porque só está a pensar no Euro, e que o outro definitivamente não bate bem da cabeça.

A imprensa que temos………não dá para mais. Só há um problema que esta gente não consegue alterar.
O Benfica apesar de todos estes problemas....continua na Champions, e na liderança da Liga.

terça-feira, 20 de dezembro de 2011

13 Jornada: O apito.








FC Porto- 2 : Marítimo- 0
-Aos 35’ penalty claro sobre Belluschi por derrube de João Luiz.
-Roberge é expulso por 2 faltas em 2 minutos. Decisão acertada. 2 entradas para cartão.

Resultado correcto: 2-0 (+ 1penalty para FCPorto)


Benfica- 5 : Rio Ave- 1
-Aos 32’ penalty a favor do Benfica. Lance claríssimo. O jogador do Rio Ave dá mão, propositadamente.
-O 2-1, de Nolito poderá ter sido obtido em fora-de-jogo milimétrico. Qualquer que fosse a decisão do árbitro era correcta. Mesmo depois de rever o lance há dúvidas.
-Logo no 1’ da 2ª parte Éder tem uma entrada dura sobre Saviola. Ficou por dar o 2º amarelo.
-Maxi também deveria ter levado o 2º amarelo quando simulou uma grande penalidade.
-Perto do fim, falta de Garay na área. Penalty por marcar

Resultado correcto: 4-1 (+ 1penalty para Rio Ave)


Académica- 1 : Sporting- 1
-Aos 83’ Adrien envolve-se na área com Insúa. Lance legal. O jogador dos estudantes ganha a posição e não faz nenhuma falta.
-Aos 86’ entrada duríssima de Insúa. De pitons. Na minha opinião vermelho directo.
-Expulsão correcta de Elias. 2 amarelos justificados.

Resultado correcto: 1-1

sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

Apetece-te uma ópera ou um pouco de poesia????

O jogo desta noite, na luz, foi bem melhor do que a exibição, sobretudo na 1ª parte. Em apenas 11 minutos, o Benfica virou o jogo, ainda nos primeiros 45'. Se assim não fosse, poderia ter-se tornado muito complicado ganhar este jogo.
Desde o início do jogo que se verificaram enormes lacunas a nível defensivo. Yazalde por mais que uma vez, apareceu com perigo em zonas de rei Artur. Foi sempre um jogador perigoso. Os erros foram tantos que o golo dos Vilacondenses era de esperar. Quando vi o Benfica a perder, confesso que comecei a recear que hoje não chegássemos lá. Sobretudo porque não conseguia ver alguém capaz de rasgar o jogo e fazer a diferença. Todos menos um. Desde cedo que Nolito demonstrou aquela garra e energia com que nos brindou no início da época.

E de súbito em 11 minutos tudo ficou mais fácil.

Primeiro foi Cardozo a empatar o jogo através de uma grande penalidade que caiu do céu. Se não fosse este lance o Benfica teria enormes dificuldades em dar a volta ao jogo. Cardozo fuzilou e o lance animou ........... a equipa. De seguida, o 2-1, num lance individual de Nolito. Um grande momento de ópera. No seu jeito desconcertante, colocou o Benfica na liderança. Os adeptos suspiravam de alívio. Antes de acabar a 1ª parte, o 3-1. Aimar num lance de pura poesia, ofereceu o golo a Saviola.
No início da 2ª parte cruzamento de Aimar e o 4-1. Lance que muitos frutos deu, no ano do título. Nolito, a meio da 2ª parte, volta a colocar a catedral em chamas ao fazer o 5-1, o seu 2º golo no jogo. Apesar de tudo o resultado é exagerado, e o Rio Ave não merecia um resultado tão desnivelado. As águias, um a um.

Artur- No golo parece-me que pouco poderia fazer. De resto esteve seguro. Fez um punhado de defesas de qualidade.
Garay- A defender não esteve tão bem. Mas fez um golo. E isso é sempre de destacar num central que não é goleador.
Jardel- Alguns cortes importantes, mas juntamente com o seu colega de posição não esteve tão bem como nos últimos jogos. Yazalde deu muito trabalho aos dois.
Maxi- Uma sombra. Yazalde desesperou Maxi. Não teve férias este ano, e isso vai-se notar a época toda. Esta noite foi capitão do Benfica. Deveria ter sido expulso, pois já com um amarelo, fez uma simulação grosseira.
Émerson- Não vale a pena continuar a criticar. Precisamos de um lateral para enfrentar a champions.
Javi- É um jogador vital neste Benfica. A recuperar, a fazer faltas quando é preciso, a equilibrar a equipa e a começar as jogadas de ataque.
Witsel- Desta vez encostado à direita. Passou ao lado do jogo. O lugar dele é no centro.
Nolito- Diabólico. Cheio de garra. Um jogador como os adeptos gostam. Se no futebol, as equipas jogassem com 12, Nolito seria titular. De qualquer forma, mesmo a suplente, deve jogar mais minutos. Com a bola nos pés, o espanhol, é fogo.
Aimar-  Um poeta. Ou mago como lhe chamam. Hoje, mais uma vez, teve grandes momentos. Um homem pode sair à rua bem vestido, mas se quer chamar à atenção, tem que usar perfume. Aimar….é o perfume do Benfica. Aimar foi, mais uma vez, aplaudido de pé, na hora da substituição.
Saviola- Foi a novidade hoje. Esteve melhor que nos últimos meses, fez um golo, mas na minha opinião, continua longe do Saviola de 2009/2010. Saiu cedo mas foi muito aplaudido.
Cardozo- O Benfica sofre o golo e no minuto seguinte já se assobiava Cardozo. O Paraguaio parece ser a razão de todos os problemas da águia. Rapidamente fez o empate, e os adeptos deixaram-no em paz. Uma coisa bonita: no momento da substituição, recebeu um aplauso sentido dos adeptos. Esperemos que no futuro os Benfiquistas olhem para Cardozo de outra forma e com outra compreensão.
Gaitán- Entrou para o lugar de Aimar. E recolocou Witsel no centro. Veio de lesão e por isso não conseguiu fazer grandes coisas.


Rodrigo- Entrou para o lugar de Saviola. Esteve perto de facturar.
Nelson Oliveira- Entrou para o lugar de Cardozo. Produziu pouco.

Zenit...pelo caminho!

O sorteio acabou por ser simpático. Não que os Russos sejam fracos, mas porque havia piores para nos calhar. Os Russos são uma equipa forte, um clube com dinheiro, que lidera actualmente, e que nos últimos anos tem dominado o campeonato do seu país.
O que me preocupou mais, neste sorteio é o facto de o Benfica jogar primeiro fora. Em Fevereiro, em pleno inverno. Numa altura em que até eles cancelam a sua liga, por causa do frio. Seria fundamental sair de São Petersburgo vivo, para decidir tudo em Lisboa.
O positivo é que este adversário pelo facto de não ter competição até Março, estará necessariamente com um rotação mais baixa, do que o Benfica. Mas mais frescos também.
De qualquer forma, olhando para as hipóteses que nos podiam calhar, os Russos talvez fossem os dois mais fracos.
Bem....isso depende do ponto de vista. Para alguns, que a esta hora andam pela Liga Europa, o grupo deles, onde estava o Zenit, era o grupo da morte........
De qualquer forma... esperamos na 2ª mão, na Luz, uma grande noite Europeia, uma noite à Benfica!

quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

Antes de fechar para balanço, há a Champions!

Antes de o Benfica receber o Rio Ave, há o sorteio para a Champions, já amanhã. Os adversários são sempre complicados, mas o facto de o Benfica ter ficado em 1º no seu grupo, possibilita, para já, fugir aos lambões da Europa. De todas as possibilidades que nos podem calhar, talvez o Milan seja mesmo o mais complicado. Embora este Milan esteja longe do grande clube de 80 e 90. Mas enfim…é sempre um dos melhores clubes Italianos, actual campeão do seu país. Em relação aos outros possíveis adversários, não tenho preferências. Venha quem vier será difícil, venha quem vier, queremos passar em frente.

Sexta à noite, temos o Rio Ave na luz, para acabar o ano. É imperativo ganhar. Para continuarmos na frente, para colocar pressão no Sporting-FC Porto e para acabarmos bem o ano.
Há alguns dias atrás, Jorge Jesus, definiu a época do Benfica até ao momento, como brilhante. Não concordo. Boa ou muito boa acho que sim. Mas para ser brilhante, teríamos que ter afastado o Marítimo na Taça de Portugal. E essa eliminação está-me atravessada. Queria muito a dobradinha este ano. Mas paciência…apesar de tudo a Liga e a Champions são mesmo as competições mais importantes e nelas estamos bem.


Se 2012 for igual, teremos sucesso.

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

12ª Jornada: A arbitragem...

Marítimo- 0 : Benfica- 1
Os dois amarelos mostrados a Olberdan são correctos. Expulsão correcta.

Aos 85 ' golo de Cardozo. No momento do remate de Nolito, Cardozo está claramente em jogo. 30 segundo antes, os jogadores do Marítimo pedem falta de Aimar sobre Peçanha. No lance, parece haver um toque muito subtil no ombro do guarda redes maritimista, com uma das mãos, e talvez um estalo com a outra. Honestamente, aceito qualquer decisão do árbitro. Se o árbitro tivesse anulado o lance não haveria golo de Cardozo.

Aos 89' mal assinalado fora de jogo a Aimar. O argentino ia isolado para a baliza.

Na minha opinião o resultado é correcto. 0-0

Beira-Mar- 1 : FCPorto- 2
Aos 19' há um toque muito subtil em Djalma, dentro da área. Parece que a marcação de penalty seria demasiado. Aceita-se a decisão do árbitro.

No 1 golo do FCPorto, Hulk está em fora-de-jogo posicional, mas apesar de bola passar por ele não penso que interfira com a visão do guarda-redes. Parece-me golo limpo.

Aos 57', Hulk cai na área. Procura o contacto, e o árbitro poderia ter mostrado o 2º amarelo por simulação e desta forma não estaria em campo para fazer o 1-2, um minuto depois. De qualquer forma também é aceitavel que o árbitro não mostre o cartão, pois a simulação não é grosseira. No entanto se o árbitro não marca falta, deveria dar o cartão.

Resultado correcto: 1-1

Sporting- 1: Nacional- 0
Stepanovic, do Nacional, leva 2 amarelos correctos e desta forma é correctamente bem expulso.
O golo anulado ao Sporting, é bem anulado, por fora-de-jogo de Capel no momento do cruzamento para a área.

Resultado correcto: 1-0

domingo, 11 de dezembro de 2011

3 pontos e um grande suspiro!


Confesso que, depois da derrota para a Taça e a notícia de que nem Luisão, nem Gaitán iriam jogar, fiquei com receio. O Marítimo ainda por cima, a fazer uma época tremenda. E não me enganei. O Benfica viu-se e desejou-se para vencer e acabou por beneficiar claramente com a expulsão de um Maritimista, e acabou por ser feliz no golo. Cardozo, no local certo, acabou por fazer o golito da ordem, depois foi sofrer até ao fim e dar um grande suspiro de alívio no fim. Os 3 pontos iam para a luz.

Do jogo, que não vi, mas ouvi, percebi que Artur apesar de tudo não teve muito trabalho. Mas os centrais tiveram e muito. Garay esteve muito bem, e por incrível que pareça Jardel também esteve bem. Emerson contínua temerário, Javi esteve muito seguro. Na frente, Aimar foi quase sempre inconsequente, Bruno César esteve longe do que já nos habituou e mesmo Rodrigo, esteve infeliz. O próprio marcador do golo, fez um jogo pobre mas a bola gosta dele e mais tarde ou mais cedo acaba por procurar o Paraguaio.
Um dos homens do jogo acabou por ser Nolito. Quando entrou, mexeu com o jogo, empurrou o Benfica para o sucesso.

Esta vitória é talvez a mais importante deste ano, primeiro porque não deixamos fugir os Dragões, atiramos a batata quente para eles, pois em teoria, temos um final de primeira volta mais liberto, ao contrário deles, e desta forma passamos um estádio onde muita gente vai escorregar.

A liga segue para a semana, e nós também seguimos na frente.

quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

Negócio fechado!!

O Benfica, recebeu, e mesmo em ritmo de treino, venceu o Otelul Galati, garantindo desta forma o 1º lugar do grupo C da Champions 2011/2012.
O jogo não foi brilhante, mas foi o que se conseguiu arranjar. A vitória acaba por ser o mais importante. A surpresa acabou por ser a eliminação do poderoso Manchester Utd. E nós também somos responsáveis por essa eliminação. Porque conseguimos empatar em Old Trafford, onde Alex Fergunson pensou que iria resolver o apuramento, e porque com o empate em Inglaterra, acabamos por empurrar os bifes para a Suíça obrigando-os a enfrentar de frente o problema. E o facilitismo do treinador escocês acabou por tramar o apuramento.

Hoje, destacaria mais uma vez, as exibições de Aimar e Artur. Aimar fez jogar o Benfica, com a habitual qualidade de sempre. Cá atrás, Artur, de vez em quando, foi salvando o Benfica de aqui ou ali, levar o empate. Ainda na 1ª parte, faz uma defesa a dois tempos de enorme qualidade. Pela negativa, eu destacaria Emerson, que voltou a demonstrar que é um homem sem confiança a atacar e também sempre que tem pela frente jogadores rápidos. Destacaria Amorim, que voltou a não estar ao nível que já demonstrou.

Sendo assim, e com o 1º lugar garantido, o Benfica fica à espera de um bom sorteio, sendo que o Benfica fez o principal, ao "fugir" aos tubarões. Ainda assim Napoles, CSKA, Lyon, Leverkusen, Marselha, Zenit e Milan são sempre equipas com qualidade. Talvez fosse bom evitar os Italianos e em teoria o Zenit talvez fosse o adversário mais acessível. Nos últimos anos já afastamos Marselha e Napoles na Liga Europa.

PS.
Muita gente que anda por aí, por estes dias, com uma enorme azia, tem tentado diminuir os resultados do Benfica. Primeiro o Trabzonspor era fraco. Mas só não está nos oitavos, porque em Itália, o CSKA fez um golo aos 86' que acabou por afastar os Turcos e apurar os Russos.
Depois passou a ser o Basileia que era muito fraco. Hoje, afastou o vice-campeão da europa, e garantiu o apuramento com 11 pontos. Não foi com 8. Fez 11 pontos. Teve apenas 1 derrota no grupo. Passou pela 1ª vez aos oitavos, tal como o Zenit por exemplo. Mas o grupo G é que era um grupo difícil.....

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

O futuro...vai-se construindo!

Amanhã, contra o Otelul, o Benfica joga uma cartada bem mais importante do que aparece. O 1º lugar no grupo, é mesmo um grande negócio. É a diferença entre apanhar o Barça ou o Real, apanhar o Bayern ou Arsenal ou antes pelo contrário, jogar contra o Leverkusen, Zenit ou Marselha. É a possibilidade de lutar por mais uma eliminatória, em vez de morrer de forma mais ou menos lenta, sobretudo com as equipas espanholas.

Depois da Champions, regressamos ao lugar do crime, ou seja, o caldeirão dos Barreiros. Uma vitória na Madeira abre as portas de uma entrada na 2ª volta mais tranquila, certamente em 1º lugar. Isto porque ainda falta o Sporting- FC Porto e o jogo entre os de Alvalade e Sporting Arsenalista. O mais difícil já o Benfica jogou, fica, em teoria, a faltar o jogo da Madeira. O Benfica, ganhando nos Barreiros, fica com o caminho mais difícil percorrido.

Esta tranquilidade, poderá permitir um melhor planeamento de uma outra competição que, após a eliminação da Taça de Portugal, passou a ser mais importante. A Taça da Liga. Uma vitória na Liga e na Taça da Liga, tornaria a época 2011/2012 um sucesso. E se a isso juntarmos uma boa Champions, melhor ainda. Perfeito, perfeito, seria não ter sido eliminado na Madeira. Mas isso já é passado.


PS.
Uma pequena nota que não tem a ver com o Benfica directamente.
Hoje no Dragão jogou-se um jogo da Champions que ditou o afastamento da equipa da casa. Mas o que eu gostaria de realçar, foi a arbitragem. O referee, passou o jogo todo a ignorar os mergulhos de Hulk. Sabemos que se fosse na nossa liga, com um árbitro Português, Hulk figuraria nas estatísticas como o jogador que mais faltas sofre durante a partida. A diferença entre quem está comprometido com bares de alterne, com quinhentinhos etc... e entre quem apita com honestidade e de forma independente.

segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Procurar o trilho certo

Não vale a pena negar ou assobiar para o lado. O Benfica foi eliminado de uma competição importante, a Taça de Portugal. É importante assumir isso para perceber o que ainda podemos vencer. Era importante ganhar a mesma. Por duas grandes razões:
Em 1º lugar, porque temos que rapidamente regressar aos anos em que ganhávamos competições todos os anos, para voltarmos a ser hegemónicos no plano nacional.
Em 2º lugar, porque essa hegemonia só se consegue ganhando tudo a nível interno, ou pelo menos, o mais importante. E uma dobradinhas era tudo o que precisávamos. E quando foi a última vez que o Benfica fez uma dobradinha??? Lembram-se??? Foi em 1986/87. A long time ago.....
Mais ou menos a meio de um ciclo difícil e decisivo (Manchester, Sporting, Marítimo para a Taça, Otelul e Marítimo para o campeonato), começamos muito bem com dois bons resultados, em Old Trafford e na luz com o Sporting, mas esta eliminação estragou um pouco o bom momento que vivíamos. Resta-nos garantir o 1º lugar da Champions e voltar ao caldeiráo e trazer de lá os 3 pontos para continuarmos na liderança da liga. A liga Zon Sagres, passou a ser uma obsessão até ao fim.

Apesar de tudo, um ano com Liga e eventualmente a Taça da Liga, será sempre um bom ano. Se a isso juntarmos uma participação honrosa na Champions, melhor ainda.

O caminho faz-se caminhando e apesar de tropeçarmos na Madeira é importante que retomemos o caminho correcto.
Enquanto isso, o 2º maior clube de Portugal (Os Anti-Benfica) viveram momentos de alegria, esta semana, pois todos sabemos que a derrota da Águia é bem mais importante para eles do que a vitória do seu clube. Sempre a pensar em nós, o que faz de nós.....tão grandes….

sábado, 3 de dezembro de 2011

Cozinhados...no Caldeirão

Depois de 3 meses sem perder, no início de Dezembro, o Benfica acabou por cair. Perdeu a invencibilidade, mas pior do que isso, foi afastado da Taça de Portugal. Com muita pena minha, porque sonhava com uma dobradinha, este ano.



Quem mais falhou nesta derrota???
Estive a ler a blogoesfera encarnada, e em vários blogs, vi apontado o dedo ao treinador, a Eduardo, e Ruben Amorim, a Saviola, entre outros.
Compreendo a frustração dos Benfiquistas, porque também eu estou muito frustrado, mas esta não é altura para encontrar um culpado, mas sim para, unidos, encontrarmos erros e procurar soluções. A primeira de todas as soluções é que temos mesmo que ser campeões nacionais. A outra é que, queremos ganhar a Taça da Liga, por fim queremos acabar na liderança do nosso grupo na Champions.

Em parte compreendo as mexidas que Jesus elaborou para este jogo. Não tanto por uma questão de descanso, afinal de contas o Benfica só volta a jogar daqui a 5 dias (apesar de Maxi andar cansado), mas porque existem, dentro de um plantel, mil e uma vontades e nestes casos seria necessário dar minutos a Amorim, Eduardo, Saviola e Nolito, pelo facto de serem jogadores que tinham espectativas no inicio do ano que estão a ser goradas o que causa natural frustração e mau estar em alguns casos (Amorim por exemplo).

A verdade é que provavelmente Jesus mexeu demais, pois mexeu em todos os sectores, nada mais nada menos que 6 jogadores diferentes. Se por um lado, penso que Eduardo esteve bem, pois na minha opinião, não teve culpa nos golos (no 1º o remate é muito bom, e mesmo que ele estivesse uns passos atrás desconfio que não a apanhava e no 2º claramente o erro é de Garay que é ultrapassado e de Emerson que aborda o lance de forma angelical), já no caso de Amorim, a exibição foi muito pobre. Matic, como já todos percebemos, está longe de ser Javi (e talvez resida aqui o principal erro de Jesus, pois não tendo Luisão, era imperioso que Javi jogasse) e Saviola voltou a desiludir. No caso do argentino, começa a ficar difícil justificar a sua presença no grupo, isto porque o seu estado físico, com apenas 30 anos, é absolutamente enigmático. Irreconhecível. Saviola e Nuno Gomes estarão ao mesmo nível físico neste momento.

Apesar destes erros de Jesus, ele pensou que Garay, Gaitán, Witsel, Rodrigo e Aimar mais tarde, seriam bastantes para vencer. Eu também pensei que estes bastassem. A verdade é que, se formos analisar as coisas de forma honesta e fria, o Benfica acaba eliminado porque não mata o jogo logo no início da 2ª parte (Rodrigo isolado), e tem em Aimar o homem que podia ter virado o jogo, mas que perdeu chances que não se podem perder. Aimar tem 2 golos feitos e perde-os de forma incrível. Ambos já depois de estar a perder.

O que podemos retirar de positivo deste jogo? Na minha leitura duas coisas:

A 1ª é que vamos aprender com esta eliminação, e vamos jogar sério em todos os jogos, daqui para a frente.

A 2ª é que voltaremos, na próxima semana, aos barreiros e não seremos engolidos desta forma.




PS. Não posso deixar de falar do penalty que resulta no golo do Benfica. Não obrigado. Não queremos coisas destas.

quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

A arbitragem da 11ª jornada

Benfica- 1 : Sporting- 0

1'- Elias leva amarelo num lance em que toca na bola. Esta mania dos árbitros quererem controlar o jogo cedo, estraga tudo.

39'- Maxi aparece isolado mas estava em fora-de-jogo. Bem assinalado

45'- Aimar leva amarelo por suposto cabeceamento no adversário. Se o árbitro vê cabeçada, tem que dar vermelho por agressão. Na verdade Aimar, apenas disputa a bola e não faz nada.

No início da 2ª parte há um agarrão de Jardel no defesa americano do Sporting. A bola estava parada e por isso o árbitro deveria chamar os jogadores e dar amarelo ao benfiquista. Se a bola estivesse em andamento seria penalty. Como o agarrão é um segundo antes da marcação do livre, não seria de espantar que o árbitro marcasse o castigo máximo.

55'- Os jogadores do Sporting pedem penalty por suposta mão de Jardel a centro de Capel. A bola parece bater na coxa.

62'- Carrilho pede penalty. Não há nada. Ele entra na área e projecta o corpo para cima de Bruno César.

Resultado correcto: 1-0
PS. Se o árbitro marcasse penalty a favor do Sporting pela falta de Jardel, o resultado poderia ser outro, embora não possamos ter a certeza que o penalty seria marcado.


FC Porto- 3 : Braga- 2

Álvaro Pereira levou amarelo por entrada dura por trás sobre Alan. Correcto.
Ficou por dar um amarelo a Alan, um minuto antes, por falta dura sobre o Uruguaio.

38'- Fora de jogo mal tirado a Hulk. Ia isolado.

79'- Mal anulado golo a Hulk. O Brasileiro esteve em fora-de-jogo, mas a bola desviou e foi para Rodriguez. Este cruzou para Hulk fazer o golo, de forma legal.

Perto do fim penalty de Hulk. O árbitro marcou e deu amarelo ao Brasileiro. Aceita-se, mas como o jogador arsenalista estava completamente isolado de frente para a baliza, penso que o vermelho seria o mais correcto.

Resultado correcto: 4-2

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...