terça-feira, 31 de maio de 2011

Foi assim há 50 anos,poderá ser assim no futuro


Caros amigos,hoje quero compartilhar convosco partes de uma peça jornalística que vinha publicada no jornal O Jogo,sobre a histórica vitória do grande Benfica de Bella Guttman na Taça dos Clubes Campeões Europeus de 1961,frente,(ao já na altura grande e favorito),Barcelona de Kubala-Kocsis-Czibor,Evaristo e Luís Suárez,entre outros.

Completam-se hoje precisamente 50 anos,sobre essa vitória,o primeiro grande feito de um clube português na Europa do futebol (sim,éverdade amigos portistas,vocês chegaram atrasados cerca de 35 anos...).Segundo Mário João,lateral direito do Benfica nesse jogo:"O Barcelona era o grande favorito. Em Portugal todos achavam que íamos perder.
Quando chegámos a Lisboa, já campeões, a recepção foi uma loucura: viam-se bandeiras do Benfica mas também do Sporting, do FC Porto, da Académica... Foi algo nunca visto em Portugal".

É certo que não podemos viver apenas da história e dos feitos passados,mas também é verdade que não podemos simplesmente esquecê-la,e fazer de conta que nunca aconteceu. Um clube só é grande exactamente porque tem história,e história rica.E nesse particular,o nosso Benfica foi o primeiro a honrar o nome de Portugal e a levá-lo ao topo da Europa do futebol,e por duas vezes seguidas!(só não foram três porque o também mítico Manchester United dos anos 60 nos travou!).

Aqui fica um cheirinho de história,para provar que se já lá chegamos duas vezes,para levantar o caneco(mais uma mão cheia de vezes à final),poderemos chegar muitas mais...

domingo, 29 de maio de 2011

Gil Vicente e Feirense na piscina dos grandes....

Na próxima época teremos a companhia de 2 novos emblemas. O Gil de Barcelos e o Feirense. O que é que isso interessa ao Benfica? São dois estádios perto de onde moro. O que significa que poderei deslocar-me lá para apoiar as Águias.

Sendo assim o roteiro para 2011/12 será:
Paços Ferreira
Barcelos
Guimarães
Braga
Vila Conde
Porto
Santa Maria Feira
Aveiro
Coimbra

quinta-feira, 26 de maio de 2011

Notícias (a ser verdade) que me alegram!

Pois é, vamos lendo na versão online do jornal Record o seguinte: http://www.record.xl.pt/Futebol/Nacional/1a_liga/Benfica/interior.aspx?content_id=699058! Digam lá que a ser verdade não é um motivo de alegria, hã? :)

E se olharmos para a capa do dito cujo?


Alberto "El Mudo" Rodríguez no Benfica? Era uma contratação de valor!

Depois lá vem um tal de Guardado, médio esquerdo mexicano que pelos vistos - provavelmente na óptica do seu empresário - interessa ao Glorioso! Bullsh!t

E depois em tempo de "vacas magras" o Benfica ganha um milhão de euros, directamente vindos do Brasil! :)
Elkeson? Será que vamos ouvir falar no futuro deste jogador? A noticia segue em seguida: http://www.record.xl.pt/Futebol/Nacional/1a_liga/Benfica/interior.aspx?content_id=699121

Só faltava a contratação de Valdano para director desportivo - imaginem partilhar todo o know-how acumulado do Real Madrid - e a notícia que Rui Costa seria presidente, para o meu mundo ser perfeito! :)

Há dias em que é muito bom ler o jornal!
Não sendo tudo verdade, pelo menos alegra-nos a alma! :)

quarta-feira, 25 de maio de 2011

Questões Salariais...


Quem geriu ou gere uma empresa sabe o quão oneroso é a folha de salários dos colaboradores de uma empresa. Imagino eu, que no S.L. Benfica seja ainda mais exigente...

No nosso Glorioso, deparamo-nos hoje e sempre com um problema: Como fazer face às despesas atendendo às receitas tão limitadas?

Ainda que o Benfica tenha muitas receitas, tem também muitas despesas.

Opta-se por comprar barato, valorizar e vender mais caro, para repetir o processo às vezes com muito mais dificuldade e sempre, quase sempre, com prejuízo desportivo.

Por isso acredito que o tecto salarial do Benfica seja limitado e que qualquer diferença considerável de rendimento mensal entre atletas seja prejudicial, provavelmente levando a um manifesto mau estar no balneário e a uma inveja nada saudável.


No entanto, ainda que este princípio económico seja o mais correcto (controlo de custos), também não podemos descurar o outro tão importante (aumento receitas) e percebemos que para cativar adeptos aos estádios, para que se compre merchandising do clube, para ir o mais longe nas competições mais lucrativas e para se conquistar troféus, é necessário jogadores de renome, com qualidade e que ajudem nesses objectivos!!

No passado recente assistimos a uma série de negócios que falharam devido à (in)sensibilidade financeira e que foi aproveitado por outros. Ainda que o clube do freixo, tenha uma folha salarial mais elevada do que a do Benfica, também sabe que tem um plantel mais rico em opções. E depois, ainda que com nítidas dificuldades - pelo menos assim querem que nós acreditemos, porque os sacos azuis andam por lá - conseguem valorizações estrondosas e notoriedade desportiva que o nosso clube não tem conseguido.

Percebe-se por isso que talvez seja necessário mais esforço financeiro para chamar a nós mais valores futebolísticos e para premiar os que estando por cá, se mantenham por muitos e longos anos.

Então partilho convosco o seguinte exercício:

1) Venda de Cardozo por aprox. €20 Milhões;

2) Possibilidade de oferta de mais €100.000/mês (€1,4 Milhões/ano) para 14 jogadores à vossa escolha ou valores divisíveis/múltiplos, para investimento em salários;


3) Contratação Salvio;

4) Renovação contrato Fábio Coentrão;

5) Manutenção contratos de Pablo Aimar e Saviola;

6) Mais dinheiro para "oferecer" a outros jogadores de renome;

7) Sobraria "muito milhão" para LFV "esbanjar".


Seguiram o meu raciocínio? Um jogador em troca de vários.
Voltamos à infância e trocamos um cromo que (já) não nos faz falta, por vários.
E porque para fazer face ao poderio futebolístico dos adversários, precisamos de manter os bons e adquirir outros que façam a diferença!

E imaginando hipoteticamente que aumentávamos em Milhões os salários numa época, provavelmente tínhamos maior rentabilização no ano futuro com vendas, mais receitas no estádio, mais transmissões televisivas, mais qualidade de jogo, mais mística, mais empenho, mais vitórias, mais troféus e competições para ganhar!

Será assim tão difícil?
LFV ainda não percebeu que a melhor alegria que podia dar aos benfiquistas no momento actual era assegurar a manutenção de Coentrão, Maxi e Salvio. Tudo o resto é secundário -ainda que importante!

Acredito que Coentrão queira sair, mas acredito também que com um aumento financeiro ele assina o "tal" contrato vitalício! Acredito que Maxi fará novamente das "tripas coração" pelo Benfica se for necessário, em troca de um contrato mais estável e financeiramente interessante. E que Salvio, ainda que me pareça ter realmente interesse em ficar, não pode ignorar os milhões que perde ao fazê-lo, por isso sou apologista que se apresente uma proposta adequada, com prejuízo de o vermos de azul e branco na próxima época.

Por favor digam-me se estou a ver isto bem...

terça-feira, 24 de maio de 2011

Semelhanças?



Comparem estes textos e digam-me se encontram semelhanças: 

"A terminar, Carlos Pereira voltou a levantar as dúvidas sobre todo o processo, como já fizera em entrevista concedida a A BOLA. «O Atlético de Mineiro aceitou uma proposta de 2,3 milhões de euros do FC Porto por 50 por cento do passe do Kléber. O Sporting apresentou uma de 2,5 milhões e foi recusada. Não sei se não haverá um saco azul», disse."

Referência: http://www.abola.pt/nnh/ver.aspx?id=265051

"A Polícia Judiciária deu continuidade a um inquérito extraído de uma certidão do processo Apito Dourado. Contabilidade de empresa imobiliária do Presidente do FC Porto está a ser investigada.

Pinto da Costa está a ser investigado pela Polícia Judiciária por alegados crimes fiscais relacionados com a transferência de jogadores de futebol.


De acordo com o Correio da Manhã, há suspeitas de que elevadas quantias provenientes de luvas pelas transferências de jogadores tenham sido transferidas para paraísos fiscais, e que colocam o presidente do FC Porto no epicentro das investigações.


As autoridades detectaram vários casos de fuga ao pagamento de impostos usando a Imobiliária de Cedofeita na qual Pinto da Costa é sócio maioritário. A contabilidade da Imobiliária de Cedofeita já foi passada a pente fino e de acordo com informações recolhidas pelo Correio da Manhã os peritos financeiros estão a ultimar os relatórios da investigação onde surgem indícios de prática de crimes fiscais.


Os investigadores estão neste momento a determinar a titularidade de algumas das contas situadas em paraísos fiscais, sobretudo em Inglaterra e na Suíça, por onde o dinheiro circulou, faltando descobrir a origem dessas quantias para se determinar se provinham da transferência de atletas.


O presidente do FC Porto deu ontem uma entrevista à RTP onde "adivinhou" que o seu nome faria manchete do diário generalista."

Referências: http://www.eddg.gloriosasfera.com/2011/05/imobiliaria-lava-mais-branco.html

http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/exclusivo-cm/pj-investiga-luvas-de-pinto-da-costa-022638000

É natural que haja um (ou vários) saco azul, porque o clube do freixo veste com essa cor há muito tempo e a rede de informação deste senhor é tão extensa, que até sabe as notícias que vão sair e onde vão sair. Questão fundamental?

Quanto tempo vai demorar para o processo ser arquivado; E para a canonização deste sujeito?

P.S. (não é à toa que os apelidam de Máfia do Norte ou Palermo, senão leiam: http://www.avanteplobenfica.com/2011/05/pinto-da-costa-trafico-de-drogas-e.html
http://vedetadabola.blogspot.com/2008/04/vinte-anos-de-mentira-de-a-z.html)

"Olha a onda, olha a Onda!"

Uffaaa, enfim acabou o campeonato. Já não era sem tempo!


Agora vêm as férias, os jogadores vão descansar, uns voltam outros não, uns regressam em boa forma, outros nem por isso. Mas pelo que se percebe, o nosso Benfica vai receber muitas caras novas na nova época.  E quando falo em novas, falo também do facto de serem jovens em ascensão futebolística, casos de: Jan Oblak, David Simão, Nélson Oliveira, Urretaviscaya, Rodrigo, Miguel Victor, etc.


Esta nova onda de jogadores com experiência no clube e que agora regressam, terão condições de se manter no clube?

Acreditam que vêm acrescentar qualidade, valor, raça, querer, mística, segurança e mais opções para o treinador?

Serão fora-de-série como o eram Rui Costa, Paulo Sousa e outros "jovens" jogadores nos primeiros anos de encarnado?

sábado, 21 de maio de 2011

Daniel Wass e Artur de águia ao peito.

Finalmente Maxi tem rival. Chama-se Daniel Wass, é dinamarquês e vem do Brondy. Vem a custo zerão. Tal como Artur vem a custo zero. E se muitas vezes aqui criticamos as compras do Benfica, agora é altura de elogiar estas duas comprar a custo zero. Caso sejam um fiasco, sempre é menor o prejuízo. Se Roberto fosse muito barato ou de graça, a esta altura, não tinha tantos inimigos.



Com Artur e Moreira no plantel penso que o 3º Guarda-Redes pode ser um jovem para preparar o futuro. Moreira de uma vez por todas merece ascender a número 2 e poder jogar na taça, taça da Liga etc...

sexta-feira, 20 de maio de 2011

Quem é burro, come palha

Belgas colocam dragões na luta por Witsel

Notícia Record-"A imprensa belga faz, esta sexta-feira, eco a “Record” que noticiou o interesse do Benfica no médio Axel Witsel, mas avança também que o FC Porto pode estar na corrida pelo internacional belga do Standard Liège.
O “Sportwereld” faz referência às boas ligações entre Luciano D’Onofrio, dirigente do Santard, e Pinto da Costa. Também o ex-jogador portista Sérgio Conceição é treinador adjunto do clube belga.
O jornal belga vai mais longe e lembra Falcão que esteve a um passo da Luz mas acabou de dragão ao peito, como também aconteceu com Alvaro Pereira e James Rodríguez."


Se isto se verificar, só resta um caminho à Direcção do Benfica, demitir-se em bloco. Quem é burro, come palha.

quarta-feira, 18 de maio de 2011

Miserável



Esta final da Liga Europa foi do mais miserável! Ganhou quem jogou menos. O Braga, teve mais bola, jogou mais, mas... não quis ganhar. No fundo portou-se como um verdadeiro clube-satélite. Aos 46' Mossoró falhou aquilo que Falcão não falhou. O vencedor teve 1 remate à baliza em 90' mas Falcão não desperdiçou enquanto que Mossoró não "teve coragem" de desfeitear Helton. De resto voltamos a viver mais um dia dos namorados mas desta vez na Irlanda. O Braga foi guerreiro até à meia-final, agora foi pouco acutilante, pouco aguerrido, enfim .... o habitual entre equipas-irmãs. Para não variar nada do campeonato o vencedor voltou a ser o que mais sorte teve e também teve o facto arbitragem. Sapunaru tem que ser expulso a meio da 2ª parte, o que podia mudar tudo. Mas não foi e quem foi prejudicado com isso foi o Braga.

Mas porque é que eu estou a perder tempo a escrever sobre duas equipas que não o nosso Benfica, pergunta o leitor?

Resolvi deixar aqui este texto por 4 razões:

1- Em primeiro lugar, porque olhando para esta final, percebemos que o Benfica podia perfeitamente ter estado nesta final e podia até tê-la ganho.

2- Em segundo lugar porque gostaria de destacar o elevado profissionalismo de Domingos. Até ao fim notou-se que queria vencer o jogo. Apesar do seu passado azul-branco, fez tudo para ganhar, mostrou original tristeza na hora da derrota e foi o único do universo bracarense a ter coragem de tocar na questão expulsão de Sapunaru e que foi muito claro ao afirmar que o Braga não foi inferior e que merecia pelo menos o empate.

3- Em terceiro porque o novo guarda-redes do Benfica mostrou, sobretudo nas saídas, que podemos estar descansados para o ano.

4- Este último ponto serve para destacar a qualidade do homem que fez o golo. Foi descoberto por nós, mas deu um título ao nosso rival. Fugiu-nos por entre os dedos. Tal como Deco, que era nosso e uns anos mais tarde, "deu" uma taça Uefa e da Champions ao Porto, tal como Maniche que era nosso e foi ganhar os mesmos troféus para as antas, tal como Álvaro Pereira, que nós descobrimos e hoje também, venceu esta taça pelo nosso rival, e tal como tantos outros de que já não me quero lembrar....Jardel, o homem que bateu recordes de golos em Portugal...e outros....enfim.



P.S.
Estranhei que durante o jogo não se cantassem os habituais cânticos contra o nosso clube. Claro que o jogo acabou e voltaram as bocas ao Benfica ou não fosse o Benfica a razão de viver deles.

Frustração...


Estou frustrado...
Deixem os benfiquistas que choram com as derrotas gerir o clube.
Não haveria ninguém que nos enganasse, nem que nos humilhasse.
O sistema está criado e ninguém faz nada... Impávidos e serenos como eles nos querem.
Estou frustrado...
Quero uma taça, das boas...

Assumir Erros, Acrescentar Valor!

Depois de ouvir a entrevista do presidente do Benfica à BenficaTV - que podem consultar abaixo - fico com a nítida sensação que o trabalho realizado nestes últimos 10 anos foi positivo, que crescemos imenso em termos de estrutura e dinâmica desportiva, que hoje somos mais e melhores do que fomos no passado recente. Não há pelo que negar!

No entanto, fruto da necessidade de mudança e de reconhecimento das falhas cometidas nesta última época, há hoje possibilidade de - como o próprio presidente diz - avaliar e perceber o que correu mal para melhorar no futuro.

Se em termos de estrutura, o clube evolui favoravelmente, no caso particular do departamento de futebol, acredito - acreditamos todos provavelmente - que pode também aqui haver uma mudança de paradigma, aproveitando esta vontade de corrigir erros.

Senão vejamos, se olharmos para o rol de atletas contratualmente ligados ao Benfica, não falando das futuras e necessárias contratações para acrescentar valor ao plantel, percebemos que os responsáveis do clube têm em mãos muito trabalho para a próxima época.

Na minha opinião pessoal, devíamos contratar com qualidade e não em quantidade - não devia ser sempre assim? - e tentarmos aproximar o plantel do Glorioso das equipas vencedoras, competitivas e que lograram conquistar troféus europeus dos anos transactos e dos quais aprendi a adorar quando era criança - Bento, Veloso, Mozer, Hélder, Thern, Paneira, Valdo, Isaías, Rui Águas, Rui Costa, Paulo Sousa, João Pinto, Preud´Homme, etc.

Nessa altura, o Benfica não mudava muito o seu estilo de jogo e quando fazia contratações, normalmente eram pensadas e reflectiam valor e qualidade para o plantel.Jogadores cobiçados e temidos pelos nossos adversários!

Então porque não assumir os erros, aproveitar a maré de limpeza e aliviar o actual plantel de atletas que fazem encarecer a folha de pagamentos e que não são actualmente opções para o clube? Pergunto-me sempre, de que vale ter investimento na formação/academias - equipas júniores e juvenis ganhadoras - quando depois não há oportunidades para os mesmos na equipa principal do nosso clube?

Mesmo os mais jovens que têm reconhecido valor no futuro, se não são valores seguros no presente momento, se não são opções válidas, então não devem estar no plantel principal, preenchendo um lugar que podia e devia ser de outro atleta quiçá com mais qualidade e experiência.

E se temos dentro de casa, opções jovens que crescem na cultura benfiquista, porquê apostar noutros jovens oriundos de outras culturas e escolas, sem diferença aparente? Dou um exemplo: Miguel Vítor - Fábio Faria.

Todos reconhecemos as motivações financeiras, favores pessoais e os por vezes obscuros negócios que se vão fazendo à custa de agiotas e empresários pouco escrupulosos, para benefício de alguns. Vai sempre existir essa pressão, afinal o Benfica gera muitas receitas e tem poder financeiro e notoriedade superior aos restantes.

Mas os corpos directivos deviam ser confrontados com o desempenho desses investimentos, bem como a sua rentabilidade.

Posto isto, sou da opinião de "lavar os cestos, mantendo as maçãs boas e sadias, ganhando espaço para mais maçãs de qualidade!" Perdoem-me a analogia agrícola!

Vou fazer aqui um exercício estritamente pessoal e partilhar convosco, usando o "célebre artigo" - Plantel da Próxima Época v.4.0 - revelando as minhas opções/sugestões para poder ganhar espaço para a qualidade e minimizando custos/ rentabilizando investimentos, na próxima época.

{Note-se que uma Dispensa cria poupança em salários, um Empréstimo permite acrescentar valor e experiência ao activo, minimizando salários e nas Vendas recebe-se retorno financeiro, também poupando em salários.}

Guarda-Redes:


Ainda não temos na minha opinião, um guarda-redes que eu considere um titular absoluto das redes encarnadas e/ou que confira a segurança e tranquilidade necessárias. Desde Preud'Homme que nenhum guarda-redes fez totalmente a diferença, exceptuando a constância de Quim na época transacta. Por isso, continuamos a necessitar de encontrar alguém com resistência à pressão e qualidades suficientes para fazer face a este desafio.

Fazendo crer das notícias recentemente veiculadas, Artur Moraes será jogador do Benfica para a próxima época e quem serão os dois companheiros que lhe farão companhia? Por mim podiam ser todos, mas Roberto e Oblak provavelmente não têm espaço para ser 2ª opção.
Vender Roberto, sem perder muito dinheiro - com valorização numa futura transferência, era excelente. Sobram Júlio César e Moreira.

Defesas:


Aproveitar para vender o que não interessa e ganhar espaço para novas contratações. Quem pode ser dispensado/negociado/emprestado? Sidnei, César Peixoto, Luis Filipe, Roderick, Fábio Faria, Miguel Vítor, Jorge Ribeiro, Marc Zoro, Patric, Shaffer e Neto.

Dos 16 existentes, ficam 5 indiscutíveis e/ou opções válidas para a próxima época: Luisão, Fábio Coentrão, Maxi, Jardel e Carole. Percebe-se por isso necessidade de fazer chegar ao plantel opções de qualidade e que sejam verdadeiras opções face a qualquer eventualidade.

Meio Campistas:




No meio campo reside também um problema: preparar a sucessão do maestro Aimar. Se Bruno César conseguir fazê-lo em condições semelhantes seria óptimo, caso contrário temo que seja complicado manter os níveis de qualidade a que estamos habituados. Na mesma óptica de ganhar espaço para novos reforços, dispensando quem não é uma aposta segura eu colocaria no mercado para dispensa/empréstimo/venda os seguintes jogadores: Airton, Yebda, Fellipe Bastos,  Javier Balboa, José Luiz Fernandéz, Felipe Menezes, Élvis, Nemanja Matic, André Almeida e Tiago Terroso.



Certo da vinda e permanência de David Simão do Paços, chegamos à conclusão que os nomes acima não são opções de qualidade (ainda para alguns) para pertencer ao plantel principal do Benfica.  Sobram 6 jogadores da época transacta.

Atacantes:

Em termos de ataque, o Benfica apesar de ter valores de qualidade indiscutível passa por um período de falta de motivação, uma questão mais anímica do que outra. São nítidas as "faltas de presença" de jogadores como Cardozo e Saviola, longe da forma a que nos habituaram. Talvez seja a altura de rumarem a outros destinos e conseguirmos alguma valorização significativa. Já Nuno Gomes é essencial na estrutura, não tanto em termos desportivos mas para manter a mística e a voz de experiência, por isso sou da opinião da sua continuidade.


Como sempre e sem colocar aqui os nomes dos júniores com valor que vão regressar ao clube no final da época, faço desde já a minha lista de dispensas/empréstimo/vendas dos atacantes do clube: Mantorras, Weldon, Alan Kardec, Cardozo, Saviola, Éder Luís, Rodrigo, Freddy Adu e Rafael Lopes. Os 4 atacantes que permanecem, são opções de valor.

Obviamente não acredito que haja esta autêntica revolução no balneário, por questões financeiras e de estrutura, mas quis desta forma mostrar que efectivamente estes nomes que coloco à disposição do mercado, não são (actualmente) referências e valores com qualidade para o plantel principal.

Por isso questiono-vos: quanto poderiamos poupar e/ou ganhar com estes atletas?
Não seria mais fácil depois destes negócios se concretizarem, contratarmos valores seguros, com valor e qualidade para serem titulares? Precisamos de defesas para hoje e não para um futuro próximo (para isso serve a formação), precisamos de meio campistas com alma, técnica e vontade para resgatar aquele marasmo em que às vezes se torna o fio de jogo do Benfica e necessitamos de um goleador à semelhança do Falcao, alguém que lute por todas as bolas e que marque golos sem fim.

Será um sonho? Provavelmente. Mas sei que esta realidade não nos interessa.

 

Referências: Entrevista LFV - Benfica TV (18 min 23 s)

terça-feira, 17 de maio de 2011

Boas noticias para começar

Se se confirmar a contratação de Artur do Braga, para substituir Roberto, as coisas não podiam ter começado melhor.
Seguro e eficaz é claramente o Keeper do ano em Portugal. Para mim é mesmo o melhor, de longe.
Gostei muito de o ver actuar e a cereja no topo do bolo é o facto de vir a custo zerinho kilometros. Só é pena não ter menos 3 ou 4 anos.
Mas tem tudo para ter sucesso e no futuro dar dinheiro a ganhar ao Benfica. Outra notícia boa, é que vem ganhar muito menos que o antecessor. Este.... parece-me que pode ser o tal "goleirão" que vale pontos.

segunda-feira, 16 de maio de 2011

Revolução no Plantel


"Quando a cabeça não tem juízo, o plantel é que paga!"

Fazendo jus às palavras de Fernando Urbano, jornalista do jornal ABola e vidente, com especialização no plantel encarnado, o Benfica da próxima época vai ser diferente atendendo a que o actual plantel vá sofrer uma autêntica revolução.

Já tinha referido a necessidade de se reavaliar as opções do plantel principal do Benfica - conforme pude escrever anteriormente no artigo "Plantel da próxima época" - e não será surpresa para nenhum benfiquista que se recorra sempre à mesma táctica de "limpeza de maus espíritos": limpeza balneário e novas contratações em catadupa. Perfil? Escolha criteriosa? Valores? Tudo avalizado pelos empresários sedentos de negócios, como sempre.

Pessoalmente, percebo que alguns dos jogadores do plantel actual não demonstram suficiente qualidade para envergar a camisola do Glorioso, mas questiono então o objectivo da sua contratação: jogadores novos para quê se não há oportunidades? Sem oportunidades não haverá evolução.

Pois bem, voltando ao tema inicial, revela-nos este senhor com segurança que 14 jogadores têm futuro incerto. Não temos todos?

Luís Filipe (1) e Weldon (2): não renovam; Nuno Gomes (3) está em stand-by {seja lá o que isso for}; Salvio (4) está em processo de negociações com os chupistas dos amigos do Vieira, que moram em Madrid; Fábio Coentrão (5) pode ser vendido pelo valor da cláusula [30 M€] e Roberto (6) está no mercado - não haverá forma de pedir a devolução do dinheiro?; Kardec (7), Cardozo (8), Aimar (9) e Carlos Martins (10) podem ser vendidos; Filipe Menezes (11), Airton (12), Fernandéz (13) e Roderick (14) podem ser emprestados.

A pergunta que certamente farão é: o que é que fica?
Que espírito de conquista, que maturidade e experiência, que valores irão permanecer?
Novas entradas, novas adaptações- mais desculpas, mais um campeonato p'ró galheiro!

Como colocar em dúvida um plantel campeão no espaço de um ano? Da forma que se vê...
Antes valores seguros, são agora dispensáveis.Critério, qualidade e decência é o que se pede!

Que equipa pode destronar o actual campeão nacional? Quantas épocas será preciso? Voltemos nós às lutas dos segundos lugares e das múltiplas contratações e dispensas que tanto jeito dão aos empresário, agiotas e sacos azuis.

Revitalizar é dotar de mais argumentos, mais força. Não é destruir a casa e encetar um processo de construção. Não era bonito que o Vieira colocasse JÁ o seu lugar à disposição? Aproveitava-se esta maré de limpezas...que dizem?


Referência: http://www.abola.pt/nnh/ver.aspx?id=263388

quinta-feira, 12 de maio de 2011

"Coentrão é a alma do Benfica"

Quem o diz é Bagão Félix, adepto do Benfica, de visão sóbria e apaixonado-consciente. Numa entrevista que concedeu à Antena 1 deixou as seguintes palavras.

"Fábio Coentrão não é um jogador do Benfica, é o jogador Benfica. Ele é a alma do Benfica. Os milhões que possam dar pelo Fábio Coentrão, não pagam a alma deste jogador"



Eu sobre isto só posso dizer uma coisa. Embora ache que no futebol, como na vida, provavelmente não há insubstituíveis, a verdade é que Fábio Coentrão, joga como ninguém, sobretudo pela forma como corre, luta e a intensidade que coloca em todas as jogadas. É um homem que interessa e muito que continue na luz.

quarta-feira, 11 de maio de 2011

Números de 1972/73

Presidente: Borges Coutinho

Plantel:
José Henrique, Adolfo, Simões, Nené, Toni, Eusébio, Humberto Coelho, Malta Silva, Vitor Martins, Messias, Jaime Graça, Rui Rodrigues, Artur Jorge, Vitor Baptista, Jordão, Artur Correia, Matine, Diamantino, Nelinho, Shéu, António Basto Lopes, Bento

Treinador: Jimmy Hagan

Melhor Marcador: Eusébio: 42

Resultados do Campeonato Nacional da 1ª Divisão:
Benfica - Leixões 6-0
Boavista - Benfica 1-3
Benfica - Beira Mar 9-0
U. Coimbra - Benfica 0-4
Benfica - Sporting 4-1
Barreirense - Benfica 0-3
Benfica - Belenenses 5-0
Vit. Setúbal - Benfica 0-1
Benfica - FC Porto 3-2
U. Tomar - Benfica 0-2
Benfica - Farense 3-0
Vit. Guimarães - Benfica 1-2
CUF - Benfica 0-1
Benfica - Atlético 2-0
Montijo - Benfica 0-1
Leixões - Benfica 1-5
Benfica - Boavista 4-1
Beira Mar - Benfica 1-2
Benfica - U. Coimbra 6-1
Sporting - Benfica 1-2
Benfica - Barreirense 3-0
Belenenses - Benfica 0-2
Benfica - Vit. Setúbal 3-0
FC Porto - Benfica 2-2
Farense - Benfica 0-5
Benfica - Vit. Guimarães 8-0
Benfica - CUF 2-0
Atlético - Benfica 0-0
Benfica - Montijo 6-0

Melhor FC Porto de sempre não iguala Benfica de Jimmy Hagan

Um tal de Pizzi acabou por destruir um dos objectivos do campeão nacional. Pode igualar o tal campeonato sem derrotas de Jimmy Hagan, mas não imitará um campeonato, a 30 jornadas, apenas com 2 empates. É um recorde que se mantém inviolável, e a história também é isto.
 
 
 
 
 
Benfica 1972-1973
José Henrique, Adolfo, Simões, Nené, Toni, Eusébio, Humberto Coelho, Malta Silva, Vítor Martins, Messias, Jaime Graça, Rui Rodrigues, Artur Jorge, Vitor Baptista, Jordão, Artur Correia, Matine, Diamantino, Nelinho, Shéu, António Basto Lopes, Bento
Treinador:
Jimmy Hagan

sábado, 7 de maio de 2011

Será que vamos a Dublin?

A Benfica TV ainda está em negação.... e não aceita que fomos eliminados.

Seis reforços para nova época por José Manuel Delgado de A Bola

Se quiserem ser competitivos na próxima época, os encarnados precisam de reforçar vários sectores da equipa. Com jogadores que sejam certezas (porque as jovens promessas são complemento e não essência).

Assim, se pretender competir, essencialmente, não só com o FC Porto, mas também com um renovado Sporting, com um SC Braga que manterá qualidade, o Benfica deverá olhar para o plantel e concluir que está carenciado (para lutar por títulos, ao mais alto nível) nas seguintes posições:

GUARDA-REDES. Roberto precisa de evoluir nos cruzamentos, sai mal da baliza e não dá garantias imediatas. Em Braga brilhou porque foi chamado a resolver situações em que é mesmo bom: remates frontais e saídas aos pés. Porém, em jogadas como as de Olhão (para dar o exemplo mais recente) tem muito a melhorar. É novo, tem grande margem, mas é um daqueles guarda-redes (como Van der Sar…) que só atingirá o auge perto dos 30 anos. O Benfica tem espaço de manobra para esperar tanto tempo?

DEFESA-CENTRAL. Sidnei, Jardel e Roderick (precisa de sair para rodar) estão a anos-luz de David Luiz, nenhum deles dá profundidade à defesa, em nenhum deles há um bom complemento para o excelente Luisão.
DEFESA-ESQUERDO. Se Coentrão sair, a posição fica destapada. César Peixoto, não dá e Carole é interessante, mas não pode (ainda?) ser visto como primeira opção.

BOX-TO-BOX. - Carlos Martins pode ser, nos momentos bons, um jogador à altura para este desgastante lugar que Jesus tem tacticamente «esquecido». Aimar tem carências no aspecto defensivo, que o impedem de ser uma boa alternativa e Airton é demasiado igual a Javi Garcia.

MÉDIO-ALA DIREITO. Se Salvio não continuar (e está à altura para a titularidade...), não há, na Luz, quem faça bem o lugar.

PONTA-DE-LANÇA. Cardozo fez uma época pobre e parece fazer-lhe falta uma mudança de ares, que lhe dê novo impulso à carreira. Kardec não é uma primeira-escolha e Nuno Gomes (como é possível, perante o que se viu ao longo da época, que tenha sido chutado para canto como foi?) até pode nem ficar no plantel.

sexta-feira, 6 de maio de 2011

Crónica de uma morte anunciada


Desde ontem que tenho sido assaltado por um sentimento imenso de frustração,impotência e inconformismo. Não vou caír em excessos de adepto apaixonado,dizendo que tenho vergonha de ser benfiquista,ou que deveriam ir todos embora porque não valem nada,etc...Tenho orgulho em ser benfiquista,tenho orgulho no Benfica e na sua história passada e futura!Sim,futura!Porque o nosso Benfica tem um futuro resplandecente à sua frente!
Mas não posso deixar de salientar que é preciso mudar,e é preciso mudar rapidamente. Pelo que temos visto,(e inexplicavelmente),parece que os vários corpos dirigentes do Benfica ao longo dos anos,não têm aprendido e não têm corrigido os erros.Isto além de irritar,é estranho.Será que todos os clubes do mundo,sabem essas regras,todos os empresários as sabem e aplicam às suas empresas,(incluindo LVF e seus pares nos seus empreendimentos profissionais extra futebol),e só o Benfica e os seus dirigentes (que quando lá entram,pelos vistos,metamorfoseam-se),não sabem?!
Qualquer empresa ou organização,tem uma coisa a que se chama: Cultura.A cultura é nada mais nada menos do que os valores da empresa.As linas mestras morais,éticas e profissionais pelas quais a empresa/organização se norteia.É preciso começar a incutir nos atletas e nos restantes colaboradores técnicos nas várias áreas,essa cultura.Mostar e fazer sentir a todos quantos entrem naquela casa,o que é o Benfica,qual é o peso que a história têm e que os troféus ganhos com esforço,dedicação,suor,lágrimas e vontade,muita vontade de ser grande e de voar mais alto.Se ficam bem nas vitrinas do museu do clube,também colocam muita responsabilidade nos ombros de todos quantos trabalham no clube.E o seu silêncio empoeirado,fala muito,e fala muito alto.É preciso começar a ter uma cultura de Benfica e começar a passá-la aos atletas.Não podemos ter medo de nada nem de ninguém!Há que ficar com aqueles que encarnam esse espírito,e transpondo isso para o futebol do clube,de caras no nosso plantel actual,vejo apenas quatro nomes com tal garra: Fábio Coentrão,Maxi Pereira Luisão e Nuno Gomes.
Amigos benfiquistas,é hora de tocar a reunir e de mexermos com o status quo do nosso clube.Já que parece que os sucessivos dirigentes não se mexem,não mudam,não fazem nada,acho que temos que ser nós a fazê-lo.
Inviável?Impossível? - dirão vocês.
Eu respondo-lhes:Não,não é inviável,nem impossível.
O mítico Estádio da Luz,que os benfiquistas da minha idade tiveram o prazer de conhecer,e de vivenciar momentos de glória nele,foi construído com muito trabalho do povo anónimo que saía dos seus empregos e ia ainda trabalhar para erguê-lo!Havia pessoas pobres,do povo,que ainda assim,levavam alguns tijolos,levavam algum cimento (dentro do que podiam pagar com os seus parcos salários),e foi assim erguido o grandioso Estádio da Luz,palco e casa de um dos maiores clubes da Europa e do Mundo. Casa do primeiro bi campeão europeu de futebol, de origem Portuguesa (quando os outros andavam ainda a ver se ganhavam qualquer coisa cá dentro),casa do grande Benfica de Eusébio,Coluna,Águas,Torres, e tantos,tantos outros que antes e depois destes,trabalharam e deram o seu suor para que o Benfica fosse grande,e depois,o povo anónimo.Sempre o povo anónimo a empurrar o Benfica para o topo e para frente!E assim se construiu um campeão.Assim se fez grande um clube que nasceu da fusão de dois pequenos clubes de bairro,de origem humilde e popular.ISTO FOI POSSÍVEL,PORQUE AQUELAS PESSOAS QUERIAM SER GRANDES!E o Benfica é tão grande,que mesmo depois de quase três décadas de domínio adversário,mesmo depois de onze anos consecutivos,sem ganhar um campeonato,ainda consegue arrastar as maiores multidões,ter de longe,o maior número de adeptos e ainda ter grande implantação na juventude e na infância.Foram precisas quase três décadas,a ganhar massivamente,para que o nosso maior rival da actualidade,empatasse connosco em número total de títulos ganhos.Agora o Benfica precisa novamente do povo,e o povo tem que dar resposta,antes que acabem com o nosso clube!Proponho que ponderemos seriamente a hipótese,de começarmos um movimento para apresentar um abaixo assinado que se encaminhe à Direcção do clube,propondo algumas coisas simples,mas que podem começar a fazer a diferença:
1º)Todo o profissional que entre no clube,tem que ser posto ao corrente da história do clube,e da importância social do mesmo no contexto do país;
2º)No seguimento do ponto anterior,criar vídeos alusivos à história do clube,às vitórias e às derrotas,como forma de motivar os atletas;
3º)Entregar as tarefas acima listadas a uma equipa de psicólogos,que irá delinear um programa,uma metodologia para fazer a aculturação (lembram-se do q falei sobre a cultura?) dos atletas e restantes profissionais;
3º)Ter uma política criteriosa de aquisições:é preferível comprar caro,mas comprar bom,do que fazer contratações a peso;
4º)Deixar bem claro aos atletas,antes de assinarem contrato,que no Benfica tem que se lutar até ao último minuto.Com garra!Caso contrário,é preferível nem virem.Há que perder o medo de que não queiram vir,ou de que se queiram ir embora.Há mais jogadores de qualidade por aí!
5º)A política de contratações tem que ser do conhecimento do Presidente,do Director Desportivo e do Treinador,de mais ninguém.Assim,se alguma coisa vazar para o exterior,sabe-se que foi uma destas três pessoas.Isso evitaria vermos Falcões,Álvaros Pereiras e outros mais a baterem asas para clubes rivais;
Penso que não é impossível fazermos estas sugestões chegarem ao conhecimento de outros benfiquistas,e criar uma vaga de fundo.Há facebooks,há e-mails,há o blog,etc.
Proponho que pensem nisto,e quem sabe possamos chegar a algum sítio.O que sei é que não podemos continuar assim:a ganhar esporádicamente,normalmente quando se fecham ciclos no clube rival...O meu Benfica não é "aquilo" que entrou ontem em campo.Do Benfica ontem,só esteve o equipamento em campo.O jogo de ontem,infelizmente,acabou por ser a crónica de uma morte anunciada,porquanto desde há uma semana a esta parte,era quase uma unanimidade que o Benfica seria eliminado!Pensem nisto,é hora de agirmos.Estou farto de ver o Benfica enxovalhado,e de ver os adversários a gozar com a nossa cara.Somos mais,somos maiores,somos mais fortes,temos um Ferrari na mão,porquê andar como se fôssemos um mini?!

Uma época...que não existiu.

Não sei muito bem o que dizer de mais uma noite de frustração.
Em 2 meses deitamos tudo ao lixo.
Taça de Portugal, o que restava do campeonato, liga Europa, vimos o Benfica sofrer reviravoltas inimagináveis e vimos uma equipa à deriva.
Hoje, quando vi o Benfica a "tomar conta do jogo" nos primeiros 10 minutos percebi que nada tinha mudado. A trocar a bola, em grandes correrias, mas sem criar perigo, e o Braga aparentemente submisso e sempre que vinha à baliza de Roberto vinha com veneno. Mas mais do que o fim anunciado, percebi que dificilmente iríamos passar, quando vi, por volta do minuto 30, que Jesus era o espelho pálido de um homem que já não acreditava. De braços cruzados sem gesticular, por volta da meia hora de jogo, já estava à espera do intervalo.
A 2ª parte foi ainda mais dolorosa, porque vimos o Benfica desde o minuto 46 a bombear bolas para a área minhota, sem critério, sem lances construídos, sem nada que se pegue. Uma equipa que gosta de bom futebol, e que hoje, num dia decisivo, resolve jogar à inglesa. Um treinador que gosta de jogar em determinado estilo e hoje, decide mudar rotinas como seja, trocar os extremos, vetando Gaitán a um jogo medíocre. Prejudica um dos melhores (Gaitán) para defender um dos piores (Peixoto).
Mas aquilo que mais me doeu foi perceber que mesmo sendo uma possibilidade maravilhosa de ganhar um título fantástico, não houve garra, não houve luta nem vontade. Do outro lado os minhotos voavam para todos os lances, atiravam-se na disputa de cada bola, corriam, saltavam e gritavam muito mais do que nós.
Na 1ª parte, lembro-me de ver Cardozo por volta dos 35 minutos. Saviola onde esteve? Aos 20 minutos já não conseguia dar um pique. Martins não fez um passe que se visse. Peixoto escondeu-se. Gaitán que joga tanto na esquerda, foi para a direita para não destoar na equipa. Jardel desde que rachou a cabeça em Alvalade, nunca mais ganhou um lance de cabeça. Eu arriscaria a cometer um sacrilégio e dizer que o melhor em campo foi mesmo Roberto.
É muito triste perder um jogo desta forma, sem chama. De tal modo que nem vale a pena perder tempo a falar nas bolas nos postes nas duas mãos, nas bolas tiradas na linha de golo neste jogo e na falta sobre Cardozo no lance de golo de Custódio. Quando olho para o banco do Benfica e vejo Moreira, Roderick, Sidnei, Airton, Menezes, Jara e Kardec percebo tudo. Tirando Jara são tudo jogadores não confiáveis, ou porque não estão rotinados ou por são inexperientes. Sendo assim temos 11 jogadores muito cansados e os restantes suplentes muito verdes. O próprio Jara anda pior porque nos últimos tempos, depois de fazer bons jogos, percebeu que nunca será titular. Não há lugar ao mérito.
Esta tristeza faz-me temer pelo futuro. Será que vamos ficar mais uma década a ver os outros ganhar???

Olhando bem, e sendo honesto, o mais justo foi o Braga passar. Nas finais, devem estar as equipas que se esforçam por um sonho e trabalham todos os dias para lá chegar. Quem não se esforça e dá tudo que tem e o que não tem pelo objectivo, o melhor.... é mesmo ficar em casa a vê-los jogar.
Imaginei o que seria um Benfica-Porto na final. Depois de nos ganharem 4 vezes este ano, seguramente que os dragões ainda assim, seria mais aguerridos e voluntariosos para ganhar mais uma. Andamos demasiados anos a contar as poucas coisas que ganhamos, em vez de contar aquilo que andamos a perder. Hoje perdemos a possibilidade de deitar abaixo uma frustação de 49 anos.

Ao universo Benfica, na pessoa do presidente e dirigentes deixo um alerta.
Benfica! Muda de vida!

quinta-feira, 5 de maio de 2011

De que fibra somos feitos?

Este é o momento para vermos se sempre somos gigantes.
Nestes dias, tenho várias vezes sido assaltado por uma pergunta. Será que estamos à altura? Será que o universo Benfica está à altura do momento que vivemos. Faltam 3 horas para o jogo e ainda não sei a resposta a esta pergunta!

Esta pergunta gera imediatamente outras!

Será que estamos preparados para sofrer?
Será que sabemos o que vale este jogo?
Será que estamos preparados para o jogo sujo que nos tem feito, desde a questão do hotel, desde a questão do "até amigos benfiquistas preferem ver o braga passar"?
Será que já explicaram aos atletas que não vamos a uma final há 21 anos? Que não ganhamos uma prova europeia à 49?
Será que ao dar prémio de jogo para ganhar este título, não estamos precisamente a anular a vontade natural que qualquer jogador deve ter de ganhar algo desta grandeza?
Será que estamos preparados?

Hoje mais do que nunca precisamos de demonstrar que somos gigantes. Que somos um clube grande, uno. Temos que ser mais aguerridos que nunca. Temos que ser mais inteligentes e fatais que nunca. Hoje não pode haver mais frangos de Roberto, nem penalidades falhadas por Paraguaios que nem correr querem. Hoje, não podem haver jogadores que, amuados, recusem ser capitães do Benfica, não pode haver cansaço, nem medo de meter o pé à bola. Hoje não podemos andar a reclamar o jogo todo e apanhar cartões ridículos. Hoje não podemos sofrer golos aos 94 minutos.

HOJE É DIA PARA MATAR OU MORRER.
HOJE É DIA DE CARIMBAR DUBLIN.

Intenso...muito intenso.

Bem....isto nos últimos dias foram cá umas surpresas. Alguns jantaram com árbitros, outros pressionaram árbitros com fotografias. E logo os dois emblemas que tanto gostam da verdade e são contra os túneis. Enfim....que dizer. Em Matosinhos houve jantarada (ao que parece LFV tinha razão quando no início da época avisou que "a não condenação de algumas pessoas levou a que tenham novamente a tentação de se movimentar como o faziam no passado".
Mais a norte, para além das fotos, houve agressões dentro do balneário do adversário. Tudo normal. No passa nada. Ninguém será punido, nenhum clube responsabilizado. E se houver problemas, arranja aí 2 bilhetinhos para o Sr. Juiz.
Mas a semana ainda ia a meio.
Ontem, um conhecido ex-árbitro foi APANHADO EM FLAGRANTE a receber 1100€, dentro de um envelope, de um clube de Gondomar. Reparem que coloco o termo em letras maiúsculas a ver se desta vez alguém consegue prender alguém, em Portugal. Não há escutas ilegais, nem ciladas. O que há é um homem que RECEBEU DINHEIRO NUM ENVELOPE E A POLÍCIA VIU. Eu sei que o arguido já foi condenado, repito, condenado, repito, condenado, volto a repetir, condenado, duas vezes no processo apito dourado, mas de recurso em recurso, de pena suspensa em pena suspensa, está cá fora, tranquilo. Vamos lá a ver se é desta.......

E mais uma semana passou ...... no futebol Português.

segunda-feira, 2 de maio de 2011

Eles querem um clube amigo na final!!

Acostumados a namorar sempre que se encontram nas provas nacionais, os apitos dourados gostariam de ver os amigos de outras andanças na final para a poderem ganhar facilmente

"A maioria dos portistas prefere o Braga que sempre é um adversário amigo" - Álvaro Magalhães, escritor e adepto do FCPorto em Jornal de Noticias.

Este campeonato se tivesse 25 jornadas não se perdia nada...

Mais um suplício em Olhão. Mais um jogo onde só pensamos na Liga Europa. Este campeonato nunca mais acaba. É que não deixa nenhum tipo de saudades. Primeiro não o ganhamos, depois houve os homens de preto (e ainda hoje foi impecável a expulsão de Jardel, no 2º amarelo apenas jogou a bola, mas enfim....), depois houve Roberto (também hoje esteve ao seu nível). Continuo a pensar que será um milagre ganhar a Liga Europa com este espanhol na baliza. Só estou a ver uma hipótese de Roberto sair da baliza, visto que não se lesiona nem é substituído. A única hipótese é alguém lhe enviar um SMS a dizer que o Braga-Benfica da liga Europa foi adiado para sexta-feira à mesma hora.

U. Leiria séria e responsável

O nosso adversário da Liga Europa tentou convencer o U. Leiria a antecipar o jogo, que se realizou hoje, para poder ter mais tempo para preparar e descansar para o tal jogo das meias-finais. Recordo-me que o ano passado, quando o Benfica antecipou o seu jogo contra a mesma U. Leiria, para poder preparar os dois jogos que iria ter contra os alemães, na altura, Domingos e outros responsáveis de Braga disseram que o Benfica queria ganhar a liga na secretaria, queria pressionar o Braga etc.. etc...etc.....

Aquilo que o Sp. Braga solicitou à equipa do lis, é bem diferente do que o Benfica fez o ano passado. Isto porque o Braga tentou arranjar tempo para preparar o jogo contra o Benfica, que é uma equipa Portuguesa, e a U. Leiria teve uma atitude absolutamente notável e responsável no sentido de respeitar um jogo que envolve duas equipas Portuguesas. Os comentário do presidente Leiriense são claros: «Face a dois clubes portugueses nas meias-finais da Liga Europa, decidimos ser neutrais e não tomar nenhuma decisão que pudesse beneficiar uma equipa em prejuízo de outra», comentou a A BOLA o presidente João Bartolomeu.
O ano passado antecipar jogos era mau este ano não é.
A pressão dos "dragões" do Minho ou guerreiros como se intitulam continuou ao que parece pelo balneário da U. Leiria a dentro o que não deixa de ser engraçado para quem acusa o Benfica de ganhar títulos nos túneis. Eles vão logo ao balneário, é mais directo, não haja dúvida.

domingo, 1 de maio de 2011

Leirienses acusam Fernando Couto de agredir Iturra - Jornal A bola

O União de Leiria acusou o presidente do Sporting de Braga, António Salvador, e Fernando Couto, de, após o empate a zero, terem entrado no balneário da equipa exaltados e do segundo ter agredido Iturra e insultado Sá Pinto, treinador adjunto.

Segundo os relatos de diversas testemunhas ligadas ao União de Leiria, que denunciaram a situação, tudo foi observado pelo delegado da Liga e foram chamadas as forças policiais para manter a calma.

A alegada agressividade dos jogadores leirienses durante o jogo, a exuberãncia dos festejos pela manutenção garantida, a tristeza dos bracarenses pelo empate na luta pelo terceiro lugar e o facto da equipa do Lis não ter aceite antecipar o jogo para dia 23 de Abril terão sido as causas para o exaltar de ânimos, contam várias testemunhas leirienses.

Modalidades também contam!!!

As modalidades também são importantes no núcleo Benfiquista. Pelo menos para mim, são. E não é só porque este ano o futebol, não tem dado tantas alegria. É porque o Benfica é tudo junto.
E a verdade é que o ano passado fomos campeões de Futebol, de Basquetebol, e ficamos em 2º lugar em Volei, Andebol e em Futsal. Não foi brilhante, e podia ser melhor.

Nesta época poderemos também morrer na praia em todas as modalidades. Em Basquetebol, estamos perto de uma final com o FC Porto, que este ano foi mesmo a melhor equipa. Em Volei, depois de uma 1ª fase e 2ª fase absolutamente brilhante, na final permitimos ao "novato" Fonte Bastardo sagrar-se campeão pela 1ª vez na sua curta história. Os açorianos ficaram em 5º lugar na 1ª Fase e agora são os campeões. Incrível como se deixa perder um titulo desta forma. O Benfica perdeu 5 jogos durante todo o ano, 2 deles foram na final. Em Hóquei, estamos em 2º lugar , atrás do FC Porto, com os mesmos pontos do líder mas com desvantagem no confronto. Assim como no futebol é preciso aliar à qualidade a raça para "limpar"mais títulos.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...